Professora Doutora Inocência Mata

Inocência L. S. Mata (São Tomé e Príncipe). Doutora em Letras e com pós-doutoramento em Estudos Pós-coloniais (Postcolonial Studies, Identity, Ethnicity, and Globalization, University of California at BerkeleyLondon School of Economics), é professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa na área de Literaturas, Artes e Culturas. É membro do Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa e da Association por L’Étude des Literatures Africaines (sediada em França), e Sócia Honorária da Associação de Escritores Angolanos. Membro Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa – Classe de Letras. Professora convidada de muitas universidades estrangeiras entre as quais africanas (Dacar, Agostinho Neto), americanas (Harvard, Berkeley, Minnesota; Toronto, York), brasileiras (USP, UFRJ, UFF, PUC-Minas Gerais, PUC-RS, UFBA, UNEMAT, entre outras), e várias universidades europeias.
Tem colaboração dispersa em jornais e revistas da especialidade e tem publicado vários livros de ensaios, entre os quaisEmergência e Existência de uma Literatura: o Caso Santomense (1993), Diálogo com as Ilhas: sobre Cultura e Literatura de São Tomé e Príncipe (1998), Literatura Angolana: Silêncios e Falas de Uma Voz Inquieta (2001), Laços de Memória & Outros Ensaios sobre Literatura Angolana (2006), A Literatura Africana e a Crítica Pós-Colonial: Reconversões (2007), When Things Came Together: Studies on Chinua AChebe (com D. Burness e V. Hartnack, 2009), Francisco José Tenreiro: as Múltiplas Faces de um Intelectual (2010), Polifonias Insulares: Cultura e Literatura de São Tomé e Príncipe (2010), Ficção e História na Literatura Angola: o caso de Pepetela (2010).
Currículo

ficha

Agália. Revista de Estudos na Cultura

ISSN: 1130-3557.
Depósito Legal: C-250 - 1985 (versão impressa)
Edita:
Associaçom Galega da Língua (AGAL)
URL:
http://www.agalia.net
endereço-eletrónico: revista
@agalia.net
endereço postal:
R/ Santa Clara nº 21, 15704 Santiago de Compostela (Galiza)
Periodicidade Semestral (números em junho e dezembro)
Diretores: Roberto Samartim e Felisa R. Prado
Indexada nas bases de dados de dialnet e da CAPES