A poesia de Guilherme de Almeida: de tradição e silêncio

Autor:  Ulisses Infante

Este trabalho busca demonstrar como a poesia de Guilherme de Almeida percorre a tradição lírica galego-portuguesa — Guilherme reutilizou e reatualizou fôrmas poéticas trovadorescas, humanistas, quinhentistas, românticas; também praticou poesia moderna e pós-moderna — convergindo em direção a uma concisão cada vez mais intensa, que valoriza cada vez mais as elipses e o silêncio como forma expressiva. Para tanto, num percurso diacrônico, são analisados poemas de vários momentos da carreira do poeta, até se chegar a seu último livro, Margem, datado de 1969 e inédito até 2010, todo ele escrito formado por micropoemas em que a condensação significante demonstra a concepção de poesia que Guilherme adotara em sua maturidade artística

Mais informação / Additional Info

  • Title: The Poetry of Guilherme de Almeida: About Tradition and Silence
  • Abstract:

    This paper seeks to demonstrate how the poetry of Guilherme de Almeida traverses the Galician-Portuguese lyric tradition — Guilherme reused and actualized poetic molds of the troubadours, of the humanist, sixteenth century and romantic periods; besides, he also wrote modern and postmodern poetry— converging towards a very intense brevity, which increasingly values the ellipses and silence as expressive forms. To reach this aim, poems from various moments in the poet’s career are analyzed in a diachronic route that ends up with his latest book, Margem, dated 1 969 and unpublished until 201 0. This whole work is written in the form of condensed micropoems, in a demonstration that the conception of poetry that Guilherme adopted in his artistic maturity unites terseness and concentration of meaning.

  • Tags: Lyrical poetry Tradition Silence Concision
Modificado em Sexta, 05 Abril 2013 18:33

O último publicado por Ulisses Infante

ficha

Agália. Revista de Estudos na Cultura

ISSN: 1130-3557.
Depósito Legal: C-250 - 1985 (versão impressa)
Edita:
Associaçom Galega da Língua (AGAL)
URL:
http://www.agalia.net
endereço-eletrónico: revista
@agalia.net
endereço postal:
R/ Santa Clara nº 21, 15704 Santiago de Compostela (Galiza)
Periodicidade Semestral (números em junho e dezembro)
Diretores: Roberto Samartim e Felisa R. Prado
Indexada nas bases de dados de dialnet e da CAPES